Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008

Fernando José de La Vieter Ribeiro Nobre nasceu em Luanda em 1951. Em 1964 mudou-se para o Congo e, três anos mais tarde, para Bruxelas, onde estudou e residiu até 1985, altura em que veio para Portugal, país das suas origens paternas. É Doutor em Medicina pela Universidade Livre de Bruxelas, onde foi Assistente (Anatomia e Embriologia) e Especialista em Cirurgia Geral e Urologia.

 

É Doutor Honoris Causa pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa  e Académico Correspondente da Academia Internacional de Cultura Portuguesa. Foi membro do Conselho Geral da Universidade de Lisboa e do Conselho Geral da Universidade da Beira Interior. É Professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, regente da cátedra "Medicina Humanitária". Foi Professor Convidado dos cursos de Mestrado e Pós-Graduação na Universidade Autónoma de Lisboa e no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna e conferencista no Instituto de Estudos Superiores Militares.

 

Foi administrador dos Médicos Sem Fronteiras - Bélgica e fundou, em Portugal, a AMI – Assistência Médica Internacional, à qual ainda preside. Participou como cirurgião em mais de duzentas e cinquenta missões de estudo, coordenação e assistência médica humanitária em mais de setenta países de todos os continentes.

 

Em termos associativos:

- foi presidente do Conselho de Curadores e da Assembleia Geral do Instituto da Democracia Portuguesa;

- é Presidente da Assembleia Geral da Associação Tratado de Simulambuco, da qual também é co-fundador;

- é co-fundador do Fórum para a Paz;

- é sócio-honorário e ex-presidente honorário do MIL (Movimento Internacional Lusófono)

- é patrono da Portuguese - Sri Lanka Burgher Foundation; do agrupamento nº900 dos Escuteiros de Monte Abraão, dos Escuteiros de Aveiro, da APARECE (Instituição de Apoio a Adolescentes em Risco) e da Fundação As Crianças são o nosso Futuro (Ucrânia);

- é membro da Associação para a Promoção e Dignificação do Homem, da Real Sociedade de Cirurgia (Bélgica), da Associação Europeia de Urologia, da Associação Portuguesa de Urologia, da Sociedade Portuguesa de Autores, da Sociedade de Geografia de Lisboa e sócio do Grémio Literário;

- é membro da Comissão de Honra de Homenagem a João XXI; 

- é sócio honorário da Associação Académica da Universidade de Aveiro;

- é co-fundador e sócio do Hospital Particular do Algarve;

- é sócio honorário do Lions Clube de Portimão;

- é membro da Sociedade de Geografia de Lisboa;

- é membro do Grémio Literário.

 

Participações civico-políticas, enquanto cidadão independente e a título individual:

- Participação na Convenção do PSD, em 2002;

- Membro da Comissão de Honra e da Comissão Política da candidatura de Mário Soares à Presidência da República, em 2006;

- Mandatário nacional para a campanha do Bloco de Esquerda ao Parlamento Europeu, nas eleições de Junho de 2009;

- Membro da Comissão de Honra da candidatura de António d'Orey Capucho à presidência da Autarquia de Cascais, em 2009;  

- Candidato a Presidente da República, tendo obtido o resultado de 14,1%, nas Eleições Presidenciais de Janeiro de 2011;

- Candidato independente e cabeça-de-lista pelo distrito de Lisboa, pelo PSD, nas Eleições Legislativas em Junho de 2011;

- Candidato, proposto pelo Grupo Parlamentar do PSD, a Presidente da Assembleia da República (não eleito);

- Deputado à Assembleia da República - integrando, como independente, o Grupo Parlamentar do PSD - na XII Legislatura, de 20 de Junho a 1 de Julho de 2011.

  

Ordens Honoríficas:

- Grande Oficial da Ordem do Mérito - Portugal

- Cavaleiro da Legião de Honra - França

- Cavaleiro da Ordem Nacional do Leão - Senegal

- Cavaleiro da Real Ordem da Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa - Casa Real Portuguesa

- Grã-Cruz da Ordem Diocesana de S. Tomé - S. Tomé e Príncipe

- Grã-Cruz da Ordem de "La Couronne" - Casa Real do Ruanda

- Real Placa do Leão - Casa Imperial da Etiópia

 

Confrarias e Irmandades:

- Membro da Irmandade Militar da Nossa Senhora da Conceição - Lamego

- Grande Colar da Ordem Soberana dos Cavaleiros de Santo Urbano e São Vicente (Confraria dos Degustadores de Vinho do Dão) - Viseu

- Confrade de Honra da Confraria da Cabra Velha - Miranda do Corvo

- Membro de Honra da Confraria das Tripas à Moda do Porto - Porto

- Membro da Academia do Bacalhau - Porto

 

Recebeu vários prémios e distinções em Portugal e no estrangeiro, incluindo o primeiro prémio da Associação Europeia de Urologia; a medalha de ouro dos Direitos Humanos, da Assembleia da República Portuguesa; a placa da Presidência da República do Líbano (entregue pelo General Émile Lahoud); e a insígnia de Grand Marshal do Estado de New Jersey (EUA), nas comemorações do Dia de Portugal. É Cidadão de Honra da Câmara Municipal de Cascais, Cidadão de Mérito da Câmara Municipal de Portimão, detentor da Medalha de Honra e Cidadão Honorário da cidade de Vila Nova de Gaia, Embaixador da Boa-Vontade da Ilha de Gorée (Contra a Escravatura), no Senegal e Embaixador do Condomínio da Terra.

 

Livros publicados:

 

- "Viagens Contra a Indiferença", Temas & Debates
- "Gritos Contra a Indiferença", Temas & Debates
- "Imagens Contra a Indiferença", Círculo de Leitores / Temas & Debates
- "Histórias que contei aos meus filhos", Oficina do Livro
- "Mais Histórias que Contei aos Meus Filhos", Oficina do Livro
- "Humanidade - Despertar para a Cidadania Global Solidária", Temas e Debates/Círculo de Leitores
- "Um conto de Natal", Oficina do Livro

 

 

Tem quatro filhos.

 

Biografia parte I

Biografia parte II

Biografia parte III

Biografia parte IV

Biografia parte V

Biografia parte VI

 


Tags:

publicado por Fernando Nobre às 14:22
link do post | comentar

215 comentários:
De Mónica Martins a 6 de Novembro de 2014 às 10:23
Bom dia Exmo. Fernando Nobre,
sou aluna da Escola Superior de Comunicação Social no mestrado em Jornalismo.
Envio-lhe este comentário pois estou a escrever uma reportagem sobre blogs ligados a causas, tal como o seu. Numa fase em que ainda estou a recolher informação, gostava de lhe pedir auxilio nesse sentido. Queria perguntar-lhe que outros blogues segue e conhece sobre a mesma temática que estou a tratar.

Muito obrigada pela sua atenção.

Atenciosamente,

Mónica Martins.


De Fernando Nobre a 11 de Dezembro de 2014 às 10:25
Querida Amiga,

Peço imensa desculpa por não lhe ter respondido em tempo útil, mas as minhas constantes ausências em missão não me permitem consultar o blog com a frequência de que gostaria.

Se ainda puder contribuir para a sua reportagem, envie-me o seu e-mail, por favor, pois terei todo o gosto em participar.

Abraço amigo.

Fernando Nobre


De fernando teixeira a 18 de Junho de 2014 às 16:00
Meu caro Fernando Nobre ao longo destes ultimos 20 anos tenho lido bastante a seu respeito tanto como tenho ouvido algumas das suas entrevistas e outras oratórias e devo dizer que me impressiona toda a sua capacidade de remar contra as adversidades mas o que mais lhe admiro é o que em algumas partes do mundo tem feito por populações que sem culpa são brutalizadas pela tirania e sede de poder de muitos dos que se dizem dirigentes de algo.Estive muitos anos em Moçambique e desde esse tempoque lhe acompanho a obra também porque estes meus olhos já viram muita coisa e tive muitas vezes vontade de fazer mais por tantos infelizes que me passaram pela vida mas sozinho pouco mais podia fazer embora tenha a certeza que cada gesto que fazemos para ajudar um irmão em dificuldade é sempre um passo em frente na busca de um mundo melhor e assim fiz o que pude.Estou solidário consigo e quando a ocasião se proporcionar lá estarei para contribuir até que o último sopro me assista.Um bem haja e não se desgaste com quem não lhe merece.Um abraço


De Fernando Nobre a 30 de Junho de 2014 às 14:52
Querido Amigo,

Agradeço, sensibilizado, as suas gentis e encorajadoras palavras.
São gestos como o seu que me dão força para continuar a lutar e a dar o meu contributo para a construção de um mundo melhor.

Abraço,
Fernando Nobre



De Thelma Flosi a 28 de Novembro de 2011 às 21:10
Olá Fernando,
Sou brasileira, médica, estou terminando este ano minha residência em Infectologia. Estive no último mês no Kenya, trabalhando como médica voluntária de uma Mobile Clinic. Esta pequena experiência me deu a certeza que quero trabalhar em organizações de ajuda humanitária em outros lugares do mundo. Hoje conheci o seu blog e o seu trabalho, só tenho elogios a fazer!!! Tive um interesse muito grande de trabalhar com vcs! Gostaria de saber se a organização contrata médicos para os projetos. Como funciona? Se possível, responder para o meu email.


De Anónimo a 29 de Novembro de 2011 às 13:49
Por favor, entre em contacto com internacional@ami.org.pt. Obrigado.


De Fernando Nobre a 7 de Dezembro de 2011 às 11:27
Muito obrigado pelo interesse, minha amiga. De facto pode contactar a AMI - Departamento Internacional. Todos os contactos estão no site www.ami.org.pt.

Muito obrigado.


De Isabel Roda a 22 de Janeiro de 2011 às 21:19
Gostava que a sua eleição como Presidente da Republica a 23 de Janeiro de 2011 fosse uma Festa para Portugal a celebrar em cada dia dos próximos anos!
É sempre bom sentir a Esperança e a Fé a preencher o nosso amor à DEMOCRACIA! Se os homens e as mulheres deste país quiserem poderemos construir algo de BOM na nossa Terra onde os nossos filhos sintam orgulho de viver e façam Projectos que garantam o Futuro dos nossos NETOS!



De Rosa Lello a 17 de Janeiro de 2011 às 18:40
Sinto uma grande admiração por si, pelo que sei a seu respeito. E reconheço que li pouco a seu respeito, é apenas pela reduzida informação que me chegou e pelo que a sua pessoa me transmite. VOU VOTAR EM SI. O nosso país precisa de mudança. Precisa de pessoas com coragem, com sabedoria e com capacidade de agir, com provas dadas (obra feita), humanas, que se saibam colocar no lugar dos outros, que se preocupem com os mais fracos/desprotegidos e com capacidade de agir. Penso que muitas pessoas não sabem quem é o Dr. Fernando Nobre e que se soubessem votariam em si. É necessário uma maior divulgação/campanha. Penso que existe intolerância por parte dos poderosos e que existe tolerância/conformismo por parte da população injustiçada. E penso que muita gente não é indiferente, mas faltam líderes que mobilizem/possibilitem a mudança. É preciso pessoas sábias, boas e capazes/corajosas a governar, à frente dos destinos das populações. DESEJO-LHE BOA SORTE!


De Anónimo a 11 de Janeiro de 2011 às 22:34
Independentemente dos resultados eleitorais, acredito piamente que a candidatura do Dr. Fernando Nobre, será uma luz a atravessar as trevas deste nosso Portugal.
A luz atravessa a escuridão, mas esta jamais poderá penetrar a luz...
Quando os bons preponderarem, pelo número, tomarão a dianteira... E o Dr. . Fernando Nobre, em si só, reúne as virtudes mais elevadas que um ser humano pode alcançar... Se até aqui, votava por obrigação e completamente frustrada, finalmente vou votar com a alma inebriada de alegria, na certeza de que a candidatura do Dr. . Fernando Nobre, vem dizer, não só aos portugueses, mas a todo este mundo, que a política deve estar ao serviço do bem...visando o progresso da humanidade.
Acredito, igualmente, que a sua presença neste acto eleitoral, funcione como um despertar de consciências...


De L. a 9 de Julho de 2010 às 22:27
Uma biografia em 6 partes???! Não interessa onde nasceu, quem foi é ou será. Interessa sim as ideias e os projectos para Portugal.


De Jose Carlos Prates Calixto a 11 de Junho de 2010 às 17:27
Quem olha para curriculum do Professor Fernando Nobre pode pensar que é um "vira casacas", pois já participou politicamente em eventos da direita até à esquerda.
Observando com atenção fica-se com a certeza de que é um cidadão do mundo e não precisa de se esconder atrás de um qualquer símbolo.
Fernando Nobre é com toda a certeza uma pessoa com uma capacidade muito acima de qualquer político actualmente em funções em Portugal.
Fernando Nobre é uma pessoa capaz de marcar a diferença pela positiva.
Acredito que se o Professor Fernando Nobre for eleito será capaz de mostrar ao Povo Português que é possível mudar a maneira de fazer política, é possível fazer política para as pessoas comuns, que trabalham, que estão desempregadas, que são novas ou idosas.
Acredito que o Professor Fernando Nobre vai fazer renascer um Estado Português mais justo e mais solidário, isto é, a construção de um novo Estado Social em que o valor são as pessoas e não os números, onde a riqueza será muito melhor distribuída e a corrupção que mina e corrói a nossa sociedade será combatida.
Acredito!!
Força Fernando Nobre


De Mendes do Carmo a 7 de Junho de 2010 às 02:41
Apoio a sua candidatura, com entusiasmo e muita esperança. Em defesa da Justiça (da Social e da outra!), da Transparência, da defesa dos mais pobres e, especialmente, contra a Corrupção! Sou militante do PS desde Mai.74, estou desiludido com muita coisa e não acredito no Alegre (que nos faz Triste), pois considero-o um oportunista! Mendes do Carmo, Cascais.


De maria antonia gomes a 2 de Outubro de 2010 às 18:51
Concordo plenamente com a opinião de Mendes do Carmo. Precisamos, o nosso povo precisa o nosso país merece alguém com alma e carácter para que haja mais justiça e combate à corrupção e não será um Alegre que o vai conseguir. esse também já está corrompido pelo vírus da política. Chega de corruptos
Força Dr. fernando Nobre. Venha para a comunicação social e fale ao povo e ao mundo. é preciso pureza na política que está podre e em que já não acreditamos com os governabtes que temos.


De Bento a 17 de Maio de 2010 às 00:35
Desejo as maiores felicidades e confio em si o meu futuro e o do País, Espero que ganhe as Eleições.


Comentar post

Fernando José de La Vieter Ribeiro Nobre nasceu em Luanda em 1951. Em 1964 mudou-se para o Congo e, três anos mais tarde, para Bruxelas, onde estudou e residiu até 1985, altura em que veio para Portugal, país das suas origens paternas. É Doutor em Medicina pela Universidade Livre de Bruxelas, onde foi Assistente (Anatomia e Embriologia) e Especialista em Cirurgia Geral e Urologia. (continuar a ler)
FOTO DA SEMANA


LIVROS QUE PUBLIQUEI

- "Viagens Contra a Indiferença",
Temas & Debates

- "Gritos Contra a Indiferença",
Temas & Debates

- "Imagens Contra a Indiferença",
Círculo de Leitores / Temas & Debates


- "Histórias que contei aos meus filhos",
Oficina do Livro


- "Mais Histórias que Contei aos Meus Filhos", Oficina do Livro

- "Humanidade - Despertar para a Cidadania Global Solidária", Temas e Debates/Círculo de Leitores

- "Um conto de Natal", Oficina do Livro
Pesquisa
 
Contador de Visitas